Shell

Lifestyle

#ParadinhaShellSelect

Fundada em 1987 em Londres, a Shell começou como uma empresa comercial. Depois de quase uma década de existência, ela se uniu à Royal Dutch Petroleum e se transformou no que conhecemos hoje: o grupo Royal Dutch Shell Group, responsável pelos postos de combustível e, claro, pelas lojas de conveniência Shell Select. Afinal, não é só pelo combustível que as pessoas vão aos postos não é mesmo?

A loja de conveniência, aliás, foi o foco da campanha que a Squid realizou com a Shell. Com o mote “Humanologia nas Lojas Shell Select”, a Shell encarou o desafio de mostrar uma face cotidiana das lojas de conveniência e das pessoas que as frequentam.

+ de 280K
pessoas alcançadas
+ de 375K
impressões
+ de 9%
de taxa de engajamento

O desafio:

Humanizar a marca

 Humanologia é a tecnologia de saber o que você gosta. E é nessa tecnologia que a Shell investiu com as lojas Shell Select. A ideia da ação é trazer o conceito de que a paradinha na conveniência dos postos Shell é tudo o que você precisa quando quer fazer um pitstop, seja enquanto espera para completar o tanque, seja passando em frente ao posto durante uma caminhada pela rua, no café da manhã, no lanche da tarde, ou até mesmo antes (e depois) da balada. Além disso, foi preciso desenrolar histórias que ajudariam a tornar o espaço mais humano e próximo de situações cotidianas das pessoas que não necessariamente vão ali para repor o combustível.

A solução:

Mais do que uma loja de posto

O interessante do marketing de influência é o poder de escolha que ele dá à marca para selecionar aquele que será o seu porta-voz: o criador de conteúdo. Para a campanha de Shell, trabalhar com diferentes nichos e personas diversas para estabelecer a comunicação com o consumidor final foi um dos principais diferenciais. Nesse sentido, em vez de um único perfil de influenciador, foram selecionadas pessoas que são consumidoras das lojas de conveniência por motivos variados: a pessoa baladeira, a universitária que gosta de viajar, a estudante, aquela que curte automobilismo e afins. E como cada um deles agiria dentro da loja? O que eles procuram (e que a Shell pode oferecer)? Foi o que eles mostraram nos conteúdos criados para a ação.

O sucesso:

Humanologia nas lojas

A campanha, veiculada no Instagram, contou com conteúdos fixos e Stories. Os resultados foram excepcionais: mais de 280 mil pessoas alcançadasmais de 370 mil impressões e um taxa de engajamento superior a 9%. Além dos ótimos conteúdos gerados, a Shell conseguiu começar o reposicionamento das lojas Shell Select – que era o principal objetivo da ação feita com influenciadores.

Voltar