C&A

Diversity, Ecommerce and Retail, Fashion

#DiaDasMãesCeA

A C&A is a Dutch multinational that has been in Brazil for more than 40 years and has a young DNA, daring, colorido e dinâmico. A marca buscava no Dia das Mães, uma das mais importantes datas comemorativas para o setor de varejo, proporcionar as melhores compras e a melhor experiência para os seus clientes e quem é especial para eles.

+ de 9,4M
de pessoas alcançadas
+ de 12M
de impressões
+ of 1900
generated content

The challenge:

Usar a data para gerar awareness para a marca e aumentar o volume de compras nas lojas.

The solution:

A Squid levou para a C&A a proposta de trabalhar a diversidade das famílias brasileiras e que era possível encontrar o look perfeito para todos os tipos de mães.

Foram selecionados 100 influenciadores do Brasil inteiro, sempre buscando uma diversidade de perfis, como famílias que moram longe, ou aqueles que buscam presentear suas madrastas ou avós na data.

Munidos de um cartão especial, o time de influenciadores pôde se dirigir a uma loja da C&A, onde podiam escolher entre comprar itens apenas para as mães, ou montar looks combinando peças para ela e peças para si próprio. O momento da compra e escolha das roupas era registrado nos stories e fotos no feed.

No Dia das Mães, eles gravaram nos stories o momento em que entregaram os presentes, e depois publicaram uma foto com ela vestindo o look escolhido com um texto em homenagem.

The success:

Motivados pelo momento especial, o time de influenciadores produziu quase 4 vezes o número combinado inicialmente de 500 conteúdos. Foram mais de 12 milhões de impressões e mais de 9 milhões de pessoas alcançadas. O fato de ser uma marca muito popular também ajudou no engajamento. “Foi muito legal que alguns influenciadores mencionavam a relação próxima com a marca, contavam que sempre usaram roupas da C&A, e estavam muito contentes por poderem fazer parte da campanha”, afirma Pâmela Silva analista em planejamento da Squid.

A força da data e o fato de poder proporcionar uma surpresa para a mãe também foram incentivos. “Não foi só uma ação comercial, mas sim uma oportunidade de fazer algo bom para quem se ama”, completa Pâmela.

Come back