Como criar um plano de marketing de influência?

13 de Janeiro de 2020

Confira alguns passos práticos para a criação de um plano de marketing utilizando principalmente o marketing de influência

Negócios são como pessoas: cada um tem um jeito, um modo próprio de funcionar, objetivos e caminhos diferentes. No entanto, como também acontece com as pessoas, nos negócios há processos que estabelecem um padrão que funciona muito bem para a maioria. Pensando nisso, vamos apresentar alguns passos práticos para a criação de um plano de marketing, utilizando principalmente o marketing de influência.

O que é marketing?

Marketing é tudo que envolve a concepção de um negócio, seja ele um produto ou serviço. Um dos pilares mais importantes é a divulgação, que é, entre outras táticas, um apanhado de informações e estratégias que trabalham juntas para que o conhecimento sobre a marca e, consequentemente, as vendas, aumentem.

Para que a divulgação tenha bons resultados, é preciso que seja feito um plano de ação, com o maior número de dados possível, interligados e direcionados para o mesmo objetivo.

Como elaborar um plano de marketing

Por falar em objetivos, é fundamental estabelecer uma meta para todas as estratégias de marketing criadas. Afinal, ela que vai direcionar as etapas e ações para que o plano seja bem-sucedido.

Não importa qual o tipo de ação está sendo realizada – de conteúdo, influência ou outbound, por exemplo – é necessário ter bem claro quais são os nossos principais objetivos e o que será feito para alcançá-los.

Estabelecer a linguagem que será utilizada com o público-alvo também é crucial para o sucesso da campanha. É preciso estudar a audiência e verificar qual a melhor forma de se comunicar, analisando possíveis desejos e “dores” que ela tenha e procurar resolvê-los.

Se atualizar sobre técnicas e tendências atuais, observar o que é utilizado e o que já não funciona mais é válido e ajuda a obter resultados ainda mais satisfatórios. 

E falando em tendências, o marketing de influência é uma das que mais crescem no mundo atual. Por isso, é importante saber como trabalhar com ele e encaixá-lo na estratégia de divulgação planejada.

O marketing de influência se baseia na exposição da opinião de criadores de conteúdo com alto poder de persuasão. Essas pessoas podem trabalhar em parceria com marcas, o que aumenta seu poder de engajamento e alcance.


Como escolher o influenciador ideal 

Porém, não basta escolher um influenciador com muitos seguidores em uma rede social para ser o porta-voz da campanha. Existem profissionais no ramo, que sabem os métodos certos para esse trabalho, são mais confiáveis e realmente entregam resultados.

Além disso, o perfil do influenciador deve ser compatível com o da marca e do público-alvo, com linguagem e conteúdos que realmente estabeleçam conexão com as pessoas que desejamos alcançar.

Aqui, o planejamento e a criatividade trabalham juntos para chegar na meta almejada. Muita pesquisa, alguns testes e abertura para sair do lugar-comum podem fazer toda a diferença entre uma campanha com ótimos resultados e uma sem grandes conquistas.

Criar uma estratégia de marketing envolve muito trabalho, atenção aos detalhes e também uma boa visão do mercado digital. A boa notícia é que hoje existem diversas ferramentas para ajudar nesse planejamento! Empresas como a Squid, que entendem essa necessidade, podem fazer toda diferença na definição de um plano de sucesso.

Leia mais:

Comentários

Novo Comentário:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *